Tratamento de piscina: 4 cuidados fundamentais

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Cuidar corretamente da sua piscina garante a sua saúde e a da sua família. A água parada pode se tornar um grande foco de doenças se não for tratada com os produtos e equipamentos certos e no tempo adequado.

Não é à toa que algumas piscinas ficam esverdeadas, acumulam sujeira nos cantos da alvenaria ou no fundo e ficam poluídas com folhas e insetos que boiam na superfície. Isso acontece porque não se dá a devida atenção à manutenção.

Veja a seguir 4 cuidados fundamentais que você deve tomar em relação ao tratamento de piscina!

1. Use o aspirador

Aspirar é importante para remover sujeiras que ficam acumuladas no fundo da piscina. Os aspiradores com dupla função (aspirar e escovar) são ainda melhores. Eles apresentam cerdas de nylon na base que removem os resíduos mais espessos que não são aspirados pelo bocal de sucção.

Há outros aspiradores que não têm cerdas, mas contam com 8 rodas, o que facilita seu deslocamento no fundo da piscina, aspirando resíduos armazenados ao longo dos dias. O aspirador 8 rodas é recomendado principalmente para piscinas de alvenaria e de vinil.

tratamento de piscina

2. Filtre com a bomba de filtragem

Qual a vantagem de usar a bomba de filtragem no tratamento de piscina?

A automação é uma vantagem, bem como a praticidade proporcionada pelo produto. Ele pode filtrar entre 1.250 a 2.000 litros por hora, dependendo do modelo. Funciona a 110 ou 220 volts.

Trata-se realmente de uma inovação útil para ganhar tempo e reduzir trabalho. A água da piscina precisa ser filtrada para se livrar de impurezas e, com essa tecnologia, o processo tende a se tornar mais simples.

Indicada para piscinas de vinil e alvenaria, a bomba de filtragem oferece um dos melhores custos-benefícios entre os produtos para manutenção de piscina.

3. Meça a acidez e os níveis de cloro na água

Esse procedimento pode ser efetuado todos os dias usando um kit específico. Esse kit contém duas soluções que servem para avaliar se a água está ácida ou alcalina e se o nível de cloro está dentro dos parâmetros.

Acima de 7, considera-se o pH como básico. Abaixo de 7, pode-se dizer que o pH é ácido. A alcalinidade é a capacidade da água de neutralizar a acidez. Assim, se a água exibe um pH básico, é sinal de que tem alcalinidade elevada. Os níveis ideais de pH ficam entre 7 e 7,5.  Já o cloro livre deve ficar em torno de 1,5 partes por milhão (ppm).

4. Aplique cloro na dosagem certa para tratamento de piscina

O cloro é muito importante para tratar bem sua área de lazer. Se a quantidade de cloro usada for insuficiente, as bactérias não serão eliminadas. Nesse caso, os usuários correm sério risco de contrair alguma doença.

Se a quantidade de cloro for acima do necessário, a possibilidade de causar irritação na pele, alergias, ressecamento do cabelo e ardor nos olhos aumenta drasticamente, considerando que haverá mais cloramina na água. A cloramina corresponde ao cloro combinado, ou seja, o cloro que já entrou em contato com substâncias diversas, como suor, urina, óleo, protetor solar e assim por diante.

A melhor solução para evitar essas discrepâncias é utilizar um dosador de cloro. O clorador flutuante é um dispositivo no qual são colocadas as pastilhas de cloro. Ele traz aberturas na parte de baixo, que se abrem e se fecham automaticamente, liberando apenas a quantidade adequada do produto.

Dessa maneira, não falta cloro para combater os microrganismos prejudiciais à saúde nem há a formação de cloramina.

Tendo os cuidados necessários no tratamento de piscina, você, seus familiares e amigos poderão usufruir melhor dela.

Este artigo lhe foi útil? Para conhecer mais sobre a Cikala e ver outras dicas, curta a nossa página no Facebook!

tratamento de piscina

Comentários no Facebook

CURTA NOSSA FANPAGE

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×