Lago artificial

Lago artificial: dicas práticas para fazer o seu

Fazer um lago artificial é um projeto bem trabalhoso, porém fácil. Apesar de parecer um bicho-de-sete-cabeças, ao finalizar esse projeto de jardinagem, você terá um ambiente externo com uma linda decoração. 

Para que você consiga fazer um pequeno lago artificial na sua casa, basta comprar alguns itens e seguir as dicas desse post, que não tem erro. Então, continue lendo para saber mais! 

Antes de montar o seu lago artificial

Antes de colocar qualquer material, ele deve ser bem compactado para evitar problemas com o deslocamento da terra. Certifique novamente que não tenha nenhuma pedrinha ou raíz no buraco já cavado e compactado.

Lembre-se de que é preciso deixar uma borda — basicamente uma lombada de terra compactada — em torno do lago para evitar que a água da chuva escorra para dentro.

Antes de começar a montar o seu lago artificial, é importante chegar a alguns detalhes que podem afetar na construção e na manutenção do lugar. 

Primeiramente, é interessante que você escolha um ambiente que fique longe de árvores. Pois ao cavar o buraco, você pode danificar as raízes da planta. Além disso, as raízes crescerão mais e no futuro podem danificar a estrutura. 

Assim como é importante observar as árvores que estão  em volta, é essencial que o lago não interfira na passagem das pessoas. Logo, se o lugar onde você instalará o lago for muito pequeno, considere a real necessidade de um. Existem outras alternativas para decorar a sua área externa, que deixarão a sua casa igualmente bonita. 

Também leve em consideração o espaço necessário para colocar as decorações em volta do lago. Como, por exemplo, um banco de madeira para relaxar, ou um jardim vertical, que pode ser colocado em uma parede e suportes de madeira. 

Como montar um lago artificial 

1. Cave um buraco

Para começar a construção do seu lago artificial, é preciso começar cavando o buraco previamente demarcado. Ao cavar, vá retirando tudo que estiver pelo caminho (raízes, pequenas pedras e plantas). A fim de facilitar a instalação das pedras, não cave um buraco com uma parede reta, mas sim com mais inclinação. 

Ao mesmo tempo que você precisa se atentar à inclinação na parede, é importante que o fundo esteja nivelado. Pois, caso o chão esteja fora de nível, um lado ficará mais fundo que o outro. A menos que esse seja o seu propósito; mas isso precisa ser planejado também. 

Se construir um lago com mais profundidade é o seu objetivo, o ideal é que a parte mais funda tenha pelo menos 40 cm. Se  você for colocar peixes no lago, o ideal é que essa profundidade chegue aos 80 cm, para que eles se protejam do frio. 

Entretanto, se você quer ter um lago com peixes, além da profundidade, também é preciso pensar no tamanho deste ambiente. Visto que os bichinhos precisam de espaço para nadar, não será possível colocar peixes em um lago muito pequeno. 

Assim que finalizar, compacte bem a terra, dessa forma, você não terá nenhum problema com deslocamentos de terra. 

2. Impermeabilize o buraco

Com o buraco pronto, você já pode começar o processo de impermeabilização. Existem vários materiais que podem ser utilizados, mas se você quer rapidez e praticidade, aposte em uma geomembrana  para a impermeabilização. 

Geomembrana é um material fino feito de PVC, um polímero sintético bem resistente e impermeável. Apesar da espessura mais fina, essa manta possui uma ótima resistência às ações do ambiente e a rachaduras. Além disso, a geomembrana aguenta uma larga gama de temperaturas e possui uma longa vida útil. 

Mas para garantir que essa manta não sofra nenhum rompimento, é preciso garantir que o piso não tenha nenhuma irregularidades. Além disso, recomendamos que você adicione 2 cm de areia antes de posicionar a lona no solo. Dessa maneira, ela ficará livre de qualquer objeto que possa causar danos ao material. 

Seria interessante também, adicionar mais duas camadas da manta geotêxtil bidim; uma primeira entre a terra e a geomembrana, e outra por cima da manta. 

Para que a impermeabilização funcione adequadamente, é ideal comprar uma lona pelo menos 30cm maior do que o lago. Já que é preciso garantir a segurança desse material e evitar causar pontos de estresse porque a lona está muito esticada.

Faça uma decoração no seu lago artificial

Após impermeabilizado, o seu lago está pronto para receber as decorações. Pense em como colocar as decorações para que o ambiente não fique visualmente poluído. Especialmente se o espaço for pequeno. 

Você pode usar muitas plantas, pedras, objetos de decoração de jardim, uma cascata, entre outros objetos para deixar o seu lago artificial mais bonito. 

Como escolher as plantas para o lago artificial? 

Decerto que uma das partes mais importantes na decoração de um lago artificial é a escolha das plantas que você irá colocar no local. 

Atualmente, é fácil encontrar uma grande variedade de plantas aquáticas em diversas floriculturas. Entre as mais comuns estão: a cavalinha, a taboa, a sombrinha-chinesa, o copo-de-leite, o junco, entre outras.  Essas plantas preferem locais mais úmidos e se desenvolvem muito bem a diversos tipos de luzes.

Como cuidar do seu Lago artificial 

Para que você consiga manter o seu lago sempre limpo e as plantas sempre saudáveis, é preciso checar constantemente os níveis da água. Principalmente se você viver em regiões mais quentes, onde a água pode evaporar com mais facilidade. 

A troca da água precisa ser feita, caso a água fique muito verde e para evitar que alguns problemas com água parada aconteçam. Como por exemplo, a proliferação de mosquitos da dengue. 

Depois dessas dicas, é só colocar a mão na massa e começar o seu lago artificial! Logo após terminar esse espaço, tire uma foto e marque as CIKALA nas redes sociais! 

Leia também: Acessórios para piscina: você sabe qual a real função de cada item? Descubra!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *