piscina segura para os pets

Como manter a piscina segura para os pets?

Muitas pessoas gostam de curtir o seus dias de lazer junto com toda a família, incluindo, os integrantes de quatro patas. Entretanto, os donos devem ter os devidos cuidados com seus pets para que não ocorra nenhum acidente. Sendo assim, é preciso ter cuidado para manter a piscina segura para os pets.

Muitos cães gostam de água e não podem ver uma piscina que logo se jogam. Por isso, é tão importante dar a devida atenção a esses locais para que seu pet não sofra nenhum acidente.

As pessoas acham que todos os cães são nadadores naturais, mas isso não é completamente verdade. Isso pode ser verdade para algumas raças, como o labrador retriever, por exemplo, que se originou na Terra Nova e trabalhou ao lado de pescadores.

Contudo, raças mais pesadas e que tem nariz mais curto, como o buldogue francês, têm dificuldade de nadar e podem se afogar com facilidade.

Mas, de modo geral, todos os cães precisam de atenção quando estão na piscina. Por isso, vamos dar algumas dicas de segurança para que você mantenha a piscina segura para os pets. Confira!

Afinal, Pet na piscina: Pode ou não pode?

Essa é uma das perguntas que muitos donos de pets ainda fazem. Isso porque, ainda existem muitos mitos sobre o pet nascer sabendo nadar.

Se essa é a sua dúvida, saiba que está liberado dividir o local com o seu melhor amigo! Até porque, poder compartilhar cada momento na companhia desses seres tão incríveis é sem dúvidas, satisfatório. 

Nas estações mais quentes, por exemplo, não há nada melhor do que se refrescar em uma piscina, não é mesmo? E, como os cachorros fazem parte da família, é natural que estejam sempre juntos, inclusive, no momento de curtir um bom banho de piscina.

Quais cuidados tomar com o Pet na Piscina?

Antes de levar seu animal de estimação para a piscina é importante tomar alguns cuidados importantes, como:

  • Caso seja a primeira vez que você esteja colocando o seu pet na piscina, é importante que você o supervisione para ter a plena certeza de que ele sabe mesmo nadar;
  • Não deixe seu pet na piscina sozinho por muito tempo, pois mesmo que ele saiba nadar, ele pode cansar e acabar se afogando;
  • Não o pressione para entrar no ambiente de lazer, deixe que ele siga seu próprio ritmo;
  • Considere inserir na piscina uma escada de saída especial para o pet.

Assim, vocês poderão juntos curtir as férias na piscina sem medo e com todos os cuidados necessários!

piscina segura para os pets: Proteja o local

A dica mais importante para manter a piscina segura para os pets é através de sua proteção. Por isso, quando não estiver em uso, a piscina deve estar sempre coberta e protegida para assim evitar acidentes.

Hoje em dia existe uma infinidade de tipos de coberturas para piscinas que podem salvar a vida de seu pet. Veja alguns exemplos:

Capas de Segurança (SKU= 500C)

A capa de proteção é o modelo mais prático de deixar a piscina segura para os pets, além de ser o mais barato. Mesmo com uma aparência simples, a capa de proteção cumpre seu papel, evitando possíveis acidentes envolvendo os pets.

A capa evita ainda a queda de insetos, folhas e sujeiras, além de proteger a água das chuvas e radiações solares. O que por sua vez, podem causar a proliferação de algas e microrganismos.

Isso sem falar que elas são muito úteis nos dias de festa, evitando deixar cair qualquer sujeira na água.

Deck de madeira retrátil

Essa é uma ótima opção para deixar a piscina segura para os pets. Isso porque o deck removível pode ser enquadrado na modalidade de piscina oculta.

Esse tipo de piscina pode ficar fechada em eventos e a casa terá mais espaço, contando que a madeira usada seja de boa qualidade.

Esse componente também ajuda na proteção da piscina enquanto ela não é usada, prevenindo acidentes não só com seus pets, mas também com crianças e adultos que não saiba nadar.

Entretanto, para instalar esse tipo de cobertura, é necessário possuir um espaço extra para que o deck abra completamente.

Coberturas baixas, médias e altas

Existem vários tipos de coberturas para deixar a piscina segura para os pets. Os modelos podem possuir diferentes alturas (baixa, média ou alta), cada uma com as suas próprias características.

As coberturas baixas são as mais econômicas e leves. Elas integram a estética do ambiente e não prejudicam a vista para o resto da área de lazer. Além de fornecerem um espaço para cobrir completamente a piscina.

As coberturas médias, devido sua altura, permitem que as pessoas nadem enquanto a piscina está coberta.

As coberturas altas são as que oferecem a maior área, possibilitando a circulação de pessoas pelo seu interior. Esse modelo, também ajuda na proteção contra a entrada dos pets, pois sua estrutura é bem alta.

Mesmo sendo possível encontrar no mercado uma infinidade de tipos de coberturas para piscinas, é importante prestar atenção na qualidade e no conforto que elas podem proporcionar.

Por isso, aqui na CIKALA, nosso maior compromisso é com a qualidade dos nossos serviços oferecidos para a proteção de todos.

Confira agora nossas capas de proteção para piscina e garanta a proteção ideal para o seu pet:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *